10/11/2017

DEGRADAÇÃO AMBIENTAL EM PAULISTA


Com anuência da Prefeitura de Paulista, fragmento de Mata Atlântica é devastado na APA ALDEIA BEBERIBE.
Crime Ambiental provoca devastação de Mata Atlântica na APA ALDEIA BEBERIBE e ameaça de morte o Rio Cova da Onça, tributário do Rio Paratibe.
A Prefeitura de Paulista concedeu Licença Ambiental de Operação para Extração Mineral de Areia por Dragagem no território da Unidade de Conservação, desrespeitando o Plano de Manejo da UC que determina explicitamente a proibição de extração mineral em seu território, exceto para água mineral.
O Fórum Socioambiental de Aldeia recebeu a denúncia feita por moradores de Aldeia e encaminhou a CPRH.
No mesmo dia, na sexta-feira, 27/10/2017, uma equipe de fiscalização da CPRH esteve no local e determinou a suspensão das atividades de mineração através de auto de infração fundamentado em três irregularidades:
1. Degradação Ambiental
2. Inobservância de preceitos legais ambientais
3. Desobediência às determinações de caráter normativo
Estaremos acompanhando o desdobramento das ações do órgão ambiental do estado nesse caso, as punições impostas aos agressores, as ações compensatórias e de recuperação da área degrada.

Fonte: Fórum Socioambiental de Aldeia