28/02/2015

Aline Mariano, na PCR sem aval tucano



Sem apoio do PSDB para integrar o governo do prefeito Geraldo Julio (PSB), a vereadora Aline Mariano,  que foi anunciada ontem como secretária de enfrentamento do Crack e Outras Drogas, cobrou de seu partido uma decisão igualitária com relação às gestões do PSB.

Aline utiliza como argumento o fato do prefeito Geraldo Julio ser do mesmo grupo político de Paulo Câmara e o  PSDB ter sido contemplado com quatro espaços no governo. A vereadora não vê incoerência em sua atitude.

O PSDB, através de nota à imprensa,  anunciou anteontem http://blogopiniaobrasil.blogspot.com.br que vai concorrer à Prefeitura do Recife mesmo Aline tendo ingressado na gestão. 

A vereadora assumiu que o convite foi pessoal mas, que no segundo mandato do ex governador Eduardo Campos, o tucano Pedro Eurico também assumiu uma Pasta na gestão socialista.

Para Geraldo Julio, a aceitação do convite era importante pois assim inviabilizaria uma candidatura do PSDB em 2016. Para não receber um sinal negativo Geraldo acertou com Aline um orçamento de R$ 34 milhões anuais , para a Pasta. 

O presidente nacional do partido, Bruno Araújo, afirma que não existe racha na sigla e que o convite à Aline, é de caráter pessoal. " O partido não assumiu qualquer espaço na Prefeitura, estamos no governo do Estado por conta da eleição passada, onde contribuímos para a eleição de Paulo Câmara."

"A orientação é lançar candidato próprio em municípios acima de 200 mil habitantes", disse a ex deputada Terezinha Nunes, que assume um discurso de independência. Fonte: JC


Ariadne Morais


O PMDB deu seu alerta com relação ao tratamento que vem recebendo do Planalto














O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), hoje com 71 representantes na Câmara Federal e 18 no Senado, deu seu alerta com relação ao tratamento que vem recebendo do Planalto.

Partido do vice presidente Michel Temer, do presidente da Câmara, Eduardo Cunha e do presidente do Senado, Renan Calheiros, além de seis (06) ministros,  hoje o PMDB tem maior poder de governabilidade que o próprio PT. A presidente Dilma parece não enxergar esse tamanho de poder, alertam os peemedebistas.  O alerta da insatisfação foi demonstrado no programa do partido na última quinta-feira, em rede nacional.

Na avaliação do cientista político Thales Castro, o PT é refém do PMDB por conta da maioria no Congresso. Para ele, o partido tentou mostrar-se como uma alternativa capacitada para gerir o País diante da possibilidade do impeachment de Dilma sair do papel. Castro usa como exemplo o próprio programa partidário. “Temer fala como seria uma gestão do PMDB, mostra uma listagem do que o partido pode oferecer ao País, mostrando autonomia”, disse. O vice-presidente abordou temas como reforma política, liberdade de informação, defesa da iniciativa privada e um novo programa de ajustes, além da sustentação dos programas sociais. 

Na opinião do prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB), defensor da aliança com Dilma, a ausência do PT foi vista como natural. “Claro que em sendo programa PMDB, a ênfase deve ser dada ao partido. Nenhum partido cita outro partido em sua inserção”, justifica.

O líder do PT no Senado, Humberto Costa, também não vê a atitude do PMDB como distanciamento, mas como uma maneira do partido se afirmar.  Fonte: Jornal do Commercio




Ariadne Morais


27/02/2015

Cristina diz que Dilma foi mimada e cria problemas












Do Portal 247


A jornalista Cristiana Lôbo, da GloboNews, atribuiu a presidente Dilma Rousseff a responsabilidade pelos problemas econômicos e políticos enfrentados pelo Brasil. "A Dilma foi mimada. Ela é sozinha. Não tem marido nem filho, alguém que possa criar problema para ela. Então, ela fica tomando iniciativa demais e criando problema", disse durante uma palestra realizada na noite desta quinta-feira (26), no Recife. Apesar da ironia, ela disse não ver razões para o impeachment da presidente e que se isto vier a ocorrer não será bom para democracia.

"Eu acho que não há ingrediente (para pedir o impeachment da presidente Dilma). A maioria do povo quer ela lá. Ela venceu as eleições", destacou. A jornalista disse acreditar na honestidade de Dilma, mas observou que o humor da população em torno do seu governo está mudando. Para ela, o maior defeito da presidente está no fato de "gostar de mandar". "A Dilma foi mimada. Ela é sozinha. Não tem marido nem filho, alguém que possa criar problema para ela. Então, ela fica tomando iniciativa demais e criando problema", disse.
Cristina Lôbo afirmou, ainda, que a presidente Dilma precisa se "reinventar" para evitar se parecer com governos impopulares anteriores. "Ou ela se reinventa ou vai viver um processo de sarneyzação". Para ela, não existe mais como atribuir a culpa dos problemas enfrentados pelo país a fatores externos, o que deverá levar a uma espécie de mea culpa em razão do momento atual.

Ariadne Morais

Bancada de Pernambuco se divide com relação às passagens dos cônjuges





Fonte: Jornal do Commercio


Todos nós sabemos da atual situação que vive nosso país. Mergulhado num mar de lama da corrupção o Brasil, No entanto, o congresso insiste em aprovar um pacote de bondades para uso próprio. Um dos itens deste pacote que está causando bastante polêmica , é o pagamento de passagens  aérea para  cônjuges dos deputados.

Com relação ao fato, a bancada pernambucana na Câmara, se dividiu. Vejam como pensam e o que dizem alguns deputados:


“É um equívoco, a Câmara se colocou contra os interesses do povo, que cada vez mais exige moralidade e transparência”, disse Betinho Gomes, cujo partido, o PSDB, divulgou sua decisão coletiva de não fazer uso da verba a para esse fim. Ele destacou que a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) teria sido a única integrante da mesa diretora a votar contra os aumentos divulgados na última quarta (25). 

Opinião semelhante foi externada por Raul Jungmann (PPS), para quem “homem público não tem família” e “não é certo utilizar dinheiro do erário para gastos privados, com familiares”. “Continuarei pagando eventuais passagens do meu próprio bolso e considero que esta decisão veio num momento inadequado, jogando o poder legislativo na fogueira da crise”, afirmou.

Mendonça Filho (DEM), através de sua assessoria de imprensa,  informou que não irá utilizar sua cota para despesas com a compra de passagens para a esposa. 

Tadeu Alencar (PSB) destacou que o congresso “deveria estar preocupado em cumprir as pautas que a sociedade espera dele”, e que a questão das passagens é “acessória”. Embora abdique do benefício, ele se absteve de “julgar quem decidir optar por isso”.

O deputado Augusto Coutinho (SDD) mostrou-se favorável à compra de passagens. “Minha esposa não vai muito a Brasília, mas nem todos os deputados têm suas famílias morando na cidade”, argumentou.

O deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) também é a favor das medidas decretadas por seu correligionário carioca Eduardo Cunha. “Na Câmara, há coisas muito mais erradas do que isso. Não vejo nada de mais."

“Todo esse pacote de benefícios já constava do orçamento para 2015, mas reconheço os exageros. Esse desgaste deveria ter sido evitado. Não vou usar, mas é uma decisão pessoal”, esquivou-se por sua vez Sílvio Costa (PSC).

Eduardo da Fonte (PP) também ficou em cima do muro: “Não sou casado, não tenho que decidir sobre isso. Prefiro não opinar”, declarou.

Outros deputados pernambucanos foram procurados pela reportagem do http://jconline.ne10.uol.com.br/ mas, não atenderam as ligações.


Ariadne Morais

Sérgio Leite é presenteado com emprego na Alepe





Sheila Borges em sua página do facebook


Tentei ficar em estado de quarentena e não tratar de temas políticos por aqui, até para fazer uma espécie de transição particular entre os meus dois trabalhos (o anterior e o novo), mas não deu.

O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchoa, volta a dar mais uma demonstração de como trata a coisa pública. Abriu espaço para acolher o ex-deputado Sérgio Leite na estrutura da Assembleia.

O ex-deputado não conseguiu se reeleger e agora ganhou um presentão: é o novo superintendente de planejamento e gestão da Casa.

Desde o início da atual gestão, Sérgio arrastava correntes pelos corredores da instituição em busca de um emprego. Consegue. Assim, Uchoa mostra, novamente, que adora mimar os amigos, independentemente de partido. Sérgio é do PT. Por isso, foi eleito presidente pela quinta vez com o aval do Palácio do Campo das Princesas. Enquanto isso, os concursados...

"É a nova política minha gente!"




Ariadne Morais

26/02/2015

PSDB vai ter candidato em Recife


NOTA DO PSDB
Seguindo as diretrizes das executivas nacional e estadual do PSDB, que priorizam candidaturas próprias em cidades com mais de 200 mil habitantes e, em especial, nas capitais, o diretório do partido no Recife comunica a decisão de apresentar, oportunamente, candidatos para a disputa eleitoral majoritária à prefeitura da capital pernambucana, em 2016.
Nesse sentido, iniciará brevemente um ciclo de estudos e debates com a sociedade civil acerca de temas pertinentes a questões urbanas de interesse da população recifense.
A decisão local pela disputa da prefeitura da Cidade do Recife não interfere nas alianças partidárias já firmadas, nem futuras, em outras esferas federativas.
O diretório municipal do Recife informa que o primeiro tema a ser debatido no referido ciclo de estudos será “O futuro da educação no Recife”.
Recife, 26 de fevereiro de 2015.
Vereador André Régis
Presidente do diretório municipal do PSDB do Recife


Ariadne Morais

Janot envia ao STF parecer favorável à extinção de pena de José Genoino



O Estadão
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou nesta quarta-feira, 25, ao ministro Luís Roberto Barroso do Supremo Tribunal Federal (STF) parecer favorável ao pedido de extinção de pena de José Genoíno, condenado no julgamento do mensalão.
A extinção da pena tornou-se possível graças a decreto presidencial de 24 de dezembro do ano passado, que concede o perdão da pena para aqueles que tiverem pena privativa de liberdade inferior a oito anos e que tenham cumprido um terço da pena para o caso de presos não reincidentes.
Genoíno foi condenado a uma pena de quatro anos e oito meses de prisão no julgamento da Ação Penal 470, o mensalão. Até 25 de dezembro, quando começou a valer o decreto presidencial, o ex-deputado havia cumprido um ano, um mês e dez dias da pena, período que foi estendido pelo fato de o réu ter conseguido reduzir 34 dias da punição, alcançando com isso o período mínimo necessário para pedir o benefício, de um ano, dois meses e 14 dias.
Em seu parecer, Janot ponderou que "o apenado preenche os requisitos estabelecidos no Decreto n ª 8.380/2014, imperioso o reconhecimento do direito à concessão do indulto natalino, declarando-se extinta a punibilidade", escreveu o PGR. "Ante o exposto, o Procurador-Geral da República se manifesta favoravelmente à concessão do indulto natalino ao sentenciado, caso não haja outro óbice legal ao benefício."
A decisão depende contudo, do ministro Luís Roberto Barroso, relator do mensalão no Supremo. O pedido de indulto natalino foi apresentado pela defesa do ex-deputado e ex-presidente do PT no último dia 8. Atualmente, Genoino cumpre em regime aberto ao restante da pena. 
Ariadne Morais

A culpa é da imprensa








Do 247

Ex-ministro da Defesa, ex-governador da Bahia e atual vereador de Salvador, Waldir Pires (PT) reclama do que classifica como "tentativa de desestabilização do governo" por parte da imprensa na abordagem do esquema de corrupção de empreiteiras nos contratos com a Petrobras; "Provavelmente no passado também teve isso. Certamente. 

Hoje é uma tentativa de localização disso. Uma tentativa de desestabilização. Minha impressão. Não é uma coisa honrada e honesta. Honrada e honesta é a discussão de tudo. A luta contra corrupção é uma luta de todos nós."


Ariadne Morais

Vereador petista é expulso do partido



O diretório municipal do PT decidiu expulsar o vereador de Salvador, Henrique Carballal, na noite da última quarta-feira (25). A decisão foi tomada por unanimidade. O partido justificou a expulsão,  dizendo que o parlamentar votou a favor de projetos do prefeito ACM Neto (DEM) na Câmara Municipal.
Quando ficou certo para o parlamentar  que o partido pretendia expulsá-lo, ele passou a atuar  abertamente em favor do prefeito na Casa e foi, por exemplo, um dos articuladores da saída do ex-deputado estadual J. Carlos do PT. Ex-petista, Carballal agora é assessor direto do democrata.

Ariadne Morais

Nova secretaria da PCR provoca discórdia




O projeto de criação de uma secretaria de combate às drogas provoca embate na Câmara Municipal do Recife. 

Com a intenção de trazer o PSDB para sua base, o prefeito Geraldo Julio (PSB) pretende desmembrar a pasta de Desenvolvimento e Planejamento Urbano e criar uma Secretaria de Enfrentamento ao Crack e Outras  Drogas que, a princípio seria entregue ao comando da vereadora tucana, Aline Mariano. A parlamentar diz topar assumir a pasta mas, o partido não quer fazer parte do governo municipal  e o líder tucano André Régis, inclusive, se diz contra a criação desta secretaria.

Enfim, essa movimentação acabou por provocar irritação no PP (Partido Progressista) que se acha no direito de encabeçar a nova pasta, tendo em vista ter sido a sigla, a autora da ideia. Ao usar a tribuna na Casa de José Mariano, a vereadora progressista, Michele Collins, fez mais uma vez uma explanação sobre sua  jornada de combate às drogas ao longo da vida.  O PP quer seu espaço na PCR e a missionária  quer ser titular da pasta.


Ariadne Morais

Lista do HSBC na Suíça revela empresas da Lava Jato em paraísos fiscais


Blog do Fernando Rodrigues

Análise detalhada de milhares de fichas de correntistas da agência de “private bank” do HSBC de Genebra, na Suíça, indica que muitos operavam por meio de empresas em paraísos fiscais.

A revelação da existência dessas empresas pode contribuir na investigação da Operação Lava Jato. Na apuração das acusações contra a Galvão Engenharia e Queiroz Galvão, a Polícia Federal e o Ministério Público poderão solicitar informações a respeito de fluxo financeiro dessas empresas com sede em paraísos fiscais.

A Operação Lava Jato mantém preso no momento Erton Medeiros Fonseca, diretor-presidente da Divisão de Engenharia da empreiteira Galvão Engenharia. Outros diretores das duas empreiteiras sempre frequentam as listas de acusados.
Já são considerados réus no âmbito da Lava Jato os empresários Dario e Eduardo de Queiroz Galvão, ambos da Galvão Engenharia.
A “lista do HSBC” foi resultado de um extensivo trabalho jornalístico de filtragem produzido ao longo de vários meses pelo ICIJ. O material está sendo constantemente aperfeiçoado para permitir pesquisas mais requintadas na base de dados –além de evitar duplicidades e incorreções nos valores atribuídos a cada correntista.
Embora tenham origem em um mesmo grupo familiar, hoje as duas empreiteiras citadas neste post são empresas separadas. A Galvão Engenharia foi fundada em 1996 por Dario de Queiroz Galvão, pai de Mário, Eduardo e Dario, após vender sua participação na empreiteira Queiroz Galvão.
Ariadne Morais

Vídeo mostra situação de completo abandono da rua da Aurora no centro do Recife



O Jornal do Commercio publicou um vídeo que mostra a situação de completo abandono em que vive a rua da Aurora no centro do Recife. O descaso por parte do poder público é gritante: monumentos depredados, calçadas esburacadas , muito lixo e não há segurança no local. A moradora Marylia Santos faz o relato e diz que é grande o descaso por parte da Prefeitura de Geraldo Julio (PSB).


Ariadne Morais




25/02/2015

OAB dá entrada em processo de impugnação da eleição da mesa diretora da Alepe


A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seccional Pernambuco ajuizou na manhã desta quarta-feira (25) uma ação visando impugnar a eleição da mesa diretora da Alepe realizada no último dia 01. Os alvos são a 5ª eleição consecutiva do deputado Guilherme Uchoa (PDT) para presidência e o cargo de 4º secretário pela 3ª vez do deputado Eriberto Medeiros (PTC).

O processo pretende anular os atos de homologação das candidaturas e eleição destes deputados. Na ocasião, o jurista Glauco Salomão Leite, integrante da CEC da OAB-PE, apresentou argumentações detalhadas da ação, que respaldam a inconstitucionalidade da reeleição dos dois deputados para os citados cargos da Mesa Diretora.

O presidente da OAB, Pedro Henrique Reynaldo Alves, disse que essa ação proposta visa defender a Constituição do Estado de Pernambuco, para que seja respeitado o princípio de alternância do poder, concretizado pela emenda nº 33/2011 em relação às eleições da direção da Alepe.


Ariadne Morais

Projeto de lei torna crime venda de bebidas alcoólicas para menores


A Câmara dos deputados aprovou nesta terça-feira (24), o projeto de lei nº 508/2011 do senador  Humberto Costa (PT-PE) , que torna crime a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.

O projeto prevê a pena de detenção de quatro anos e multa de R$ 3 a R$ 10 mil reais pelo descumprimento da lei. O texto foi aprovado no Senado e não foi alterado na Câmara, segue agora para sanção presidencial. 

O projeto que foi aprovado, altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), para tornar  crime a venda, fornecimento e entrega ainda que gratuita,  de bebida para menores, assim como, outros  produtos que possam causar dependência química ou psíquica.

Segundo o senador Humberto Costa, também serão punidos pais ou responsáveis que favoreçam esse tipo de produto aos menores, ainda que em sua residência.

Como medida administrativa a lei estabelece a interdição do estabelecimento comercial, até o recolhimento da multa.

Ariadne Morais

Juiz que cuida do caso Eike Batista é flagrado dirigindo carro apreendido






Em imagens exclusivas obtidas por http://www.istoe.com.br/, o Porsche Cayenne branco do empresário Eike Batista aparece estacionado na porta e no interior do condomínio Rosas, na Barra da Tijuca - endereço do juiz Flávio Roberto de Souza, da 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, responsável pelo caso. "O que um veículo de Eike Batista apreendido pela Polícia Federal, e que deveria estar sob sua guarda em depósito público, fazia nesta noite estacionado em um condomínio residencial na Barra da Tijuca?", afirma Flávia Sampaio, mulher do empresário, no Instagram.


A família e o advogado de Batista afirmam que Souza está fazendo uso pessoal do automóvel que custa em torno de R$ 600 mil. O juiz se justifica dizendo que levou dois carros para serem guardados no seu prédio porque no pátio da Justiça Federal não havia vaga coberta para todos até o dia em que serão leiloados. Porém, uma das fotos obtidas por ISTOÉ flagra o Porsche estacionado na calçada em frente ao prédio.

“Eu já pedi o afastamento do juiz (ao Conselho Nacional de Justiça) e dois desembargadores votaram a favor, faltando apenas um para que isso ocorra", disse Sérgio Bermudes, advogado do empresário. Fonte: ISTOÉ


Isso é Brasil!!!


Ariadne Morais

24/02/2015

Collor se solidariza com medidas amargas de Dilma




Poder Online
Ao participar do café da manhã com o ministro de Relações Institucionais, Pepe Vargas, o senador Fernando Collor (PTB-AL) fez questão de se solidarizar com o governo e, ao mesmo tempo, relembrar sua posição de ex-presidente.
Após a explanação das medidas fiscais, feitas pelos ministros das pastas afins ao pacote fiscal, Collor disse que entendia a necessidade das mudanças porque “já esteve do outro lado do balcão” e tinha consciência dos “momentos difíceis”.

Ariadne Morais

Álvaro Porto denuncia superfaturamento em shows




Deputado Álvaro Porto (PTB) faz denúncia de superfaturamento em shows contratados pela Empetur. Os artistas se apresentaram em festas de padroeiros de cidades e no Carnaval. As denúncias foram apresentadas hoje à tarde, no plenário da Assembleia Legislativa do Estado.

O parlamentar citou como exemplos, as contratações de Diogo Nogueira e Margareth Menezes. O primeiro,  se apresentou em Salgueiro no dia 14 por R$ 125 mil e por R$ 150 mil no dia 16 em Triunfo. A segunda, foi contratada para se apresentar em Salvador/BA no dia 13, antes do carnaval, por R$ 30,9 mil. Para fazer o mesmo Show em Belém de São Francisco no Sertão pernambucano, no dia 17, a Empetur pagou R$ 150 mil.

O líder do governo, Waldemar Borges, Ângelo Ferreira e Aluísio Lessa, todos do PSB, destacaram  que há preocupação desde o governo de Eduardo Campos com a contratação de shows. Segundo eles, há uma orientação de  discriminar municípios por questão partidária e deve-se ter cuidado na aplicação de recursos. 

Silvio Costa Filho  usou a tribuna e ressaltou que é preciso ter cuidado com esse tipo de denúncia, já que ele mesmo sofreu com elas  quando foi secretário de Turismo.

Ariadne Morais



Oposição ataca Paulo Câmara e governistas se calam














Fonte: JC

Oposição na Alepe critica o governa dor Paulo Câmara por não ter aplicado , até o momento, o reajuste de 13 % no piso salarial dos professores do Estado anunciado em janeiro pelo governo federal.  

A deputada petista que também é professora da rede oficial, Teresa Leitão, acusou o governo de postergar o reajuste e a Secretaria da Educação de não receber o sindicato da categoria, o que serviu de senha para apartes de outros oposicionistas, sem que nenhum deputado da base saísse em defesa do governo.

“O piso é nacional. Não está atrelado ao desempenho da economia”, protestou Edilson Silva (PSOL) reforçando a fala de Teresa. Em paralelo, a deputada destacou que a correção do piso nacional é dada todo ano, pelo mesmo cálculo do reajuste custo-aluno que orienta a distribuição do Fundo de Desenvolvimento da Educação (Fundeb). 

“O governador prometeu dobrar em 100%. O índice deveria ser de 19% a cada ano (índice sobre índice), mas nem 13% está dando. O sindicato tenta audiência na Secretaria da Educação e não consegue”, disse Teresa, que preside a Comissão de Educação da Casa. 

Teresa acusou, ainda, Pernambuco de não ter o seu Plano Estadual de Educação, o que pode levar o Estado a não receber recursos adicionais para o setor. “O Plano Nacional estabeleceu 24 de abril para os Estados apresentarem seus planos. A Alepe tem até junho para analisar o daqui”, alertou.

Ariadne Morais




Ex ministro Mantega é expulso de Hospital







Do Portal 247

A intolerância política no Brasil atinge níveis inaceitáveis de incivilidade, que prenunciam um neofascismo no País. Agressões têm sido promovidas por forças políticas que se mostram incapazes de conviver numa democracia.

O ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi expulso do hospital Albert Einstein, no último dia 19. Ele estava acompanhado da esposa Eliane Berger, que se trata de um câncer.

Aos gritos de "vai pro SUS" e sob insultos, ele decidiu se retirar do local.

Ariadne Morais

Assista ao vídeo.







Operação Pente-fino na PPP da Arena da Copa






Para que a Arena Pernambuco não se torne um ponto negativo em sua gestão, o governador Paulo Câmara (PSB) criou uma equipe para cuidar do contrato da Parceria Público Privada (PPP) firmado entre o Consórcio  Odebrecht , responsável pela construção do estádio e da Cidade da Copa que nunca saiu do papel, e o governo. Essa equipe ficará sob o comando do vice governador Raul Henry.

O objetivo do governo é encontrar uma forma de ter menos gastos com a Arena. De acordo com o contrato o Estado tem que pagar ao consórcio uma indenização pela obra e cobrir a manutenção do estádio quando a receita do equipamento não for suficiente.

Este ano o governo destinou R$ 93,8 milhões para os gastos com a Arena. Em 2014 o repasse foi de R$ 87 milhões e agora o trabalho é para que os gastos não cresçam ano a ano em prejuízo do Estado. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi a instituição escolhida para fazer o estudo.

O governador e seu vice escolhem as palavras, para não dar a entender que o ex governador Eduardo Campos(PSB) errou no passado ao firmar a parceria para construção da Arena. O governo diz que o modelo de PPP foi a decisão correta no passado, já que era a única forma para construção de um estádio com o padrão Fifa. O consórcio Odebrecht manifestou-se através de Nota dizendo que mantém um diálogo transparente e positivo  com o governo. O contrato é de 30 anos.

Fonte: Jornal do Commercio


Ariadne Morais


Após retaliação de Dilma, Indonésia pode cancelar compra de aviões da Embraer




Segundo afirma o http://oglobo.globo.com/, a recusa da presidente Dilma em receber as credenciais do embaixador indonésio Toto Ryianto, para começar a trabalhar no Brasil, na última semana, foi uma retaliação à recusa do presidente da Indonésia de acatar o pedido de clemência em favor do traficante brasileiro Marco Archer. Essa atitude pode afetar as relações comerciais entre os dois países. O governo indonésio estuda desistir da compra de aviões de combate e lançadores de mísseis do Brasil., ao todo cerca de 16 aviões EMB-314 Super Tucano, fabricados pela Embraer.

O presidente da Indonésia Joko Widodo, disse que  as execuções dos 11 condenados, a maioria por tráfico de drogas, não serão canceladas nem suspensas. alertando aos outros países para  não intervirem no direito da Indonésia de praticar apena de morte.


Ariadne Morais

23/02/2015

Estatuto da Família e PEC 99 serão prioridades dos evangélicos na Câmara




Por Mel Bleil Gallo
A bancada evangélica da Câmara já definiu suas prioridades para 2015. De acordo João Campos (PSDB-GO),nome mais cotado para assumir a coordenação do grupo , os evangélicos concentrarão esforços para a aprovação do Estatuto da Família e da PEC 99, que autoriza entidades religiosas de caráter nacional a ingressarem com ações no Supremo Tribunal Federal.
Polêmico, o Estatuto da Família determina que apenas a união de um homem e uma mulher pode constituir uma família, além de restringir a possibilidade de adoção por casais homossexuais. Com o apoio do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), uma nova comissão especial deve ser instalada nos próximos dias para acelerar a tramitação do projeto.

Ariadne Morais

Na Alepe: Polêmica por causa da criação de uma Secretaria que tratará da causa LGBT













Deputados ligados ao segmento evangélico tentam barrar a criação da Secretaria que foi anunciada no último domingo (22) durante a posse do novo Bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife, Dom Antonio Tourinho. Nesta segunda-feira (23) o debate foi caloroso sobre a proposta do governador.

Quem usou a tribuna pra falar sobre o assunto, foi o representante  da bancada evangélica composta por sete membros na Casa de Joaquim Nabuco , deputado Pastor Cleiton Collins (PP). "Tentar levar para as escolas que é normal... Não é normal. Tentar combater as igrejas que pregam a bíblia sagrada como a sua constituição religiosa... Vamos discutir políticas públicas normais voltadas para todos e não para a classe LGBT", destacou o parlamentar.

Collins foi aparteado por vários deputados ligados. O presbítero Adalto (PSB), foi o primeiro deles , onde disse que o posicionamento da bancada é unicamente o de proteger a família tradicional. Já André Ferreira (PMDB) disse que o estado tem coisas mais importantes para se preocupar e que a criação dessa secretaria é um problema pequeno diante dos outros. Professor Lupécio (SD) disse: "Não tenho preconceito, não sou homofóbico. Não tenho nada contra os homossexuais, sou contrário à prática". O representante de Olinda chegou até a citar um trecho da bíblia para não deixar dúvidas quanto ao que defende. "Em Levíticos, há uma passagem que diz: O homem que se deitar com outro homem como se fosse uma mulher, ambos cometeram uma abominação, deverão morrer, e seu sangue cairá sobre eles."

Outro a se posicionar contra a proposta foi o Soldado Joel da Harpa (Pros). "O negro nasce negro e continuará negro. O índio nasce índio e também continuará assim o resto da vida. Mas conheço vários homossexuais que deixaram de ser homossexuais e passaram a viver com outros pares, com mulheres. Estamos em um momento de grande crise existencial e moral. A grande maioria das pessoas se sente constrangida por minorias que querem atingir a moral. Daqui a pouco um camarada vai querer fazer sexo com animal e o estado vai criar políticas públicas para a pessoa que quer fazer sexo com animal", criticou.


Fonte: Diário de PE


Ariadne Morais