24/02/2017

GOVERNO ADMITE AMENIZAR REFORMA DA PREVIDÊNCIA ENVIADA AO CONGRESSO




Deputados governistas querem reduzir o tempo de contribuição e criar idade mínima diferenciada entre homens de mulheres como critérios para as aposentadorias
O presidente Michel Temer e seu ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, admitiram reduzir o tempo de contribuição para a aposentadoria dos 49 anos proposto na emenda constitucional por um período menor. A sinalização foi dada durante encontro com um grupo de deputados governistas nesta terça-feira (21) no Palácio do Planalto.

Nem mesmo os deputados mais radicais a favor da reforma previdenciária aceitam a exigência de contribuição previdenciária por quase meio século. Para cumprir as exigências da proposta do governo, quem começar a trabalhar aos 20 anos terá que ultrapassar a idade mínima de 65 anos, também prevista na emenda, para poder requerer o benefício. “Esse tempo de contribuição é um exagero. Poucas pessoas conseguirão cumprir”, disse o deputado Reinhold Stephanes (PSD-PR).

Amigo de Temer diz que recebeu “pacote” a pedido de Padilha; ministro se licencia




O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, tirou licença do governo, nessa quinta-feira (23), alegando problemas de saúde. Ele deve fazer uma cirurgia em Porto Alegre, onde tem residência, neste fim de semana para retirar a próstata. As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo

A previsão é de que ele volte ao trabalho no dia 6 de março. Padilha chegou a ser internado esta semana em Brasília em decorrência de uma hemorragia provocada por uma obstrução urinária. Os médicos recomendaram a cirurgia após verificarem o aumento da próstata.

A licença do ministro ocorre quando o empresário José Yunes, ex-assessor especial e um dos melhores amigos do presidente Michel Temer, conta que recebeu, a pedido de Padilha, um “pacote” em seu escritório entregue pelo doleiro Lucio Funaro, operador do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A declaração de Yunes foi dada à própria Monica Bergamo, confirmando depoimento espontâneo prestado por ele à Procuradoria-Geral da República na semana passada.

Em sua delação premiada, o ex-executivo da Odebrecht Claudio Melo Filho disse que enviou dinheiro vivo ao escritório de Yunes também a pedido de Padilha. O ministro não se pronunciou sobre as declarações de Yunes. Na entrevista à jornalista, Yunes conta que pode ter sido um mero “mula” e que nunca teve nada a ver nem com a origem nem com o destino de recursos para campanhas eleitorais.

22/02/2017

VEREADOR PROPÕE QUE,EM CASO DE EMERGÊNCIA, LETREIRO EM ÔNIBUS AVISE:SOCORRO, ASSALTO!

                              Resultado de imagem para VEREADOR ROMERINHO JATOBÁ

Com a crise na segurança em Pernambuco  e o crescente número de assalto a ônibus no Recife, o vereador Romerinho Jatobá (PROS)apresentou um Projeto de Lei para que motoristas e/ou cobradores tenham à disposição uma espécie de "botão do pânico" em caso de assalto. 

Porém, em vez de um alerta silenciosos diretamente para polícia , o botão ativaria no letreiro dos coletivos uma mensagem em letras garrafais e cores fortes a seguinte frase: "Socorro, assalto!"

Pelo texto, o acionamento da polícia seria por quem lesse a mensagem.

Giovanni Sandes

UNE Centro-Direita

                           Resultado de imagem para henrique vale PR 
O PSDB articula com o Palácio do Planalto tirar a União Nacional dos Estudantes (UNE) das mãos do PT, PCdoB e da União Juventude Socialista.
O cotado para o comando é o presidente da Juventude Nacional do PSDB, Henrique Vale (PR). O projeto é mudar o perfil ideológico dos estudantes a médio prazo.
Inclui o controle dos diretórios acadêmicos das universidades públicas, hoje dominados pela esquerda.
Por Leandro Mazzini

INDICAÇÃO DE MORAES É APROVADA NA CCJ DO SENADO POR 19 VOTOS



Após 12 horas de sabatina na Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, o ex-ministro da Justiça Alexandre de Moraes, indicado pelo presidente Michel Temer, teve o seu nome aprovado, por 19 votos a favor e sete contra, para ocupar a vaga deixada por Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal (STF). Agora, o nome de Moraes será submetido à aprovação do plenário do Senado em sessão que inicia às 11h desta quarta-feira (22).
A sabatina durou quase o dia inteiro. Na sua exposição inicial, a partir das 10h da manhã, Moraes criticou a “utilização exagerada” do “ativismo judicial” e condenou a tentativa do Judiciário de substituir o Legislativo – tema que tem o apoio dos parlamentares. “Não são poucos no Brasil e no exterior os doutrinadores que aplicam perigo a democracia com a utilização exagerada no ativismo judicial”, afirmou. “A Constituição não autoriza algo aberto, uma atuação subjetiva do poder Judiciário em relação a todos os temas de interesse nacional em substituição às legítimas opções do poder Legislativo”, acrescentou.
Filiado ao PSDB até o início do mês, Alexandre de Moraes prometeu atuar com independência no Supremo. “Minha atuação será com imparcialidade, coragem, dedicação, sincero amor à causa pública. Reafirmo minha independência.”
Fonte: Congresso em Foco

18/02/2017

SENADOR ARMANDO MONTEIRO VISITA IGARASSU



A cidade de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, recebeu ontem (17) a visita solene do senador Armando Monteiro Neto (PTB).  

O senador fez um verdadeiro tour pela cidade histórica. Ele quis conhecer a Câmara de vereadores e, sobretudo, o presidente da Casa que é o mais jovem de todo Litoral Norte, Elvis Henrique (PSDB). 


Na ocasião, ele visitou também o secular Convento de Santo Antônio, onde encantou-se com sua pinacoteca. Esteve no Centro de Formação Profissional de Igarassu (CEFOPI), no Aeródromo, onde conheceu suas instalações e, seguiu para o distrito de Nova Cruz onde está sendo construída uma Praça.  Por fim, participou da abertura do ano letivo da Secretaria de Educação.

Armando Monteiro prometeu continuar enviando recursos federais para incentivar a gestão do prefeito Mário Ricardo (PTB), seu amigo e forte aliado.

16/02/2017

RUÍNAS DA HISTÓRIA

Exibindo ruinas.jpg


A casa que serviu de residência para o Padre Tenório, um dos lideres da Revolução Pernambucana de 1817, localizada na Vila Velha em Itamaracá, atualmente é mais um monumento em ruínas abandonado pelo poder público. O local poderia ser um museu que retrata-se essa importante parte da História de Pernambuco. É triste quando visitamos a localidade e nos deparamos com mais um exemplo do descaso com a cultura local. 

Fernando Melo – Igarassu / PE